7 dicas para criar carpas

4 dicas para manter os peixes saudáveis


Todo mundo quer ter peixes saudáveis e bonitos nos seus aquários, mas hora ou outra algum peixe adoece repentinamente e muitas pode vir a falecer. Para reduzir as chances de os peixes adoecerem é importante mantê-los em condições adequadas e vamos apresentar nesse texto 4 dicas para manter os peixes saudáveis.

1ª dica – Alimente moderadamente e com alimentos de alta qualidade

Você não precisa dar comida para os seus peixes até eles não aguentarem mais comer.
Da mesma forma que nós não precisamos comer até não aguentar mais, os peixes também precisam de menos comida do que são capazes de comer.
A alimentação em excesso pode causar indigestão, que vai fazer com que seus peixes não aproveitem bem os nutrientes do alimento e produzam muitas fezes, piorando a qualidade da água.
Os peixes geralmente comem mais do que precisam devido ao impulso natural de oportunidade. Na natureza eles nunca sabem quando comerão novamente, podendo ficar dias sem se alimentar devido a vários fatores, então eles aproveitam para alimentar o máximo possível em toda oportunidade, mesmo que seja mais do que o suficiente para eles.
Com o tempo o aquarista descobre a quantidade de rações que seus peixes precisam para se manterem saudáveis e com ótimo crescimento.
Uma forma de descobrir a quantidade ideal de ração por dia é alimentar os peixes até eles não comerem mais e depois dividir essa quantidade ao longo do dia em quantas vezes o aquarista achar melhor.
melhores rações do mercado que são produzidas na Alemanha, Polônia, Japão, Israel e outros países do mundo. Fuja das rações nacionais.
Uma boa forma de caprichar é o uso regular de alimentos vivos diversos. Os alimentos vivos possuem vários nutrientes que são melhor aproveitados assim do que em rações. Escolha sempre alimentos vivos criados de forma higiênica e com alimentos de primeira linha.

2ª dica – Mantenha uma boa circulação da água

Uma boa circulação de água ajuda na oxigenação do aquário e ajuda a não deixar a sujeira se acumular. Uma água bem oxigenada e limpa ajuda muito na saúde dos peixes.
Existem wavemakers no mercado baratos e de baixo consumo que fazem um excelente trabalho na circulação da água.

Você pode usar de 5 a 20 vezes o volume do seu aquário em circulação de água tranquilamente, mas a quantidade depende do formato do aquário, substratos, flora e outros fatores. Mesmo os discos podem com uma excelente circulação de água
Veja aqui nosso texto sobre oxigenação de aquários!

3ª dica – Mantenha a temperatura sempre estável
Os peixes em sua grande maioria são animais de sangue frios e suas funções metabólicas estão diretamente relacionadas com a temperatura da água. Um peixe em uma água com temperatura diferente do qual é adaptado sofrerá sérios problemas.
Tenha sempre um termostato ligado no aquário para manter a temperatura da água constante. Tenha também um termostato reserva se possível também ligado no aquário.
Uma variação de temperatura intensa e brusca pode causar sérios problemas.
Veja aqui nosso aquecedor remoto para aquários de grande porte!

4ª dica – Evite todas as formas possíveis de estresse
Uma das maneiras mais comuns de fragilizar a saúde dos peixes é submetê-los a estresse repentinos ou constantes. Os peixes estressados abaixam sua imunidade fisiológica e ficam mais susceptíveis a doenças.
Evitem vibrações na água por compressores ou aparelhos de som, apagar e acender constantes de luzes, peixes incompatíveis juntos, superlotações, condições inadequadas de água e ficar manuseando os peixes com as mãos.
O transporte é um dos fatores que mais estressam os peixes, então, caso tenha um aquário pequeno, evite ficar mudando de lugar constantemente.

Orçamento para manter os peixes saudáveis

Via: aquariossobrinho